Brasília: Presidente Salmo e Senadora Ana Amélia apresentam reivindicações ao TSE

O Presidente da Famurs e Prefeito de Rio dos Índios, Salmo Dias de Oliveira, acompanhou na tarde desta terça-feira, (dia 08/08) a Senadora Ana Amélia Lemos – PP na audiência com o Ministro do TSE, Gilmar Mendes. Em pauta o rezoneamento eleitoral, que pode fechar aproximadamente 30 zonas eleitorais no Rio Grande do Sul, inclusive a de Nonoai que atende ainda os municípios de Rio dos Índios, Gramado dos Loureiros e Trindade do Sul. “Não queremos que o Cartório Eleitoral de Nonoai e de outros municípios fechem. Imagina ver um eleitor sair do interior de Rio dos Índios e ter que se dirigir até Sarandi, por exemplo, para regularizar o seu Título de Eleitor!”, destaca Salmo.

O rezoneamento eleitoral visa corrigir as distorções no quantitativo em zonas eleitorais, com objetivo de assegurar, nas capitais, 100 mil eleitores por zona. De acordo com informações do TSE, o rezoneamento deverá gerar uma economia anual de aproximadamente R$ 74 milhões aos cofres públicos.

Em um procedimento administrativo proposto no CNJ, a Anamages questionou uma portaria que extinguiu 70 zonas eleitorais em 16 capitais e transformou cerca de 200 zonas no interior em centrais de atendimento aos eleitores e apoio logístico às eleições.

Conforme o TSE, esses novos espaços vão funcionar da mesma forma que as zonas eleitorais, mas sem que haja a necessidade de um juiz e de um promotor em cada um, o que vai refletir diretamente na redução de gastos mensais com o pagamento de gratificação.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *

*