Nonoai: Eficiência Energética da RGE investe R$ 171,7 Mil

A Rio Grande Energia (RGE) iniciou, nesta semana, mais uma etapa de seu Programa de Eficiência Energética que beneficia consumidores de baixa renda em sua área de concessão. A distribuidora do Grupo CPFL Energia está fazendo a doação de chuveiros eficientes a 250 famílias de Nonoai, na Região Norte do Rio Grande do Sul. O investimento da concessionária é de R$ 171,7 mil.

Com o projeto, a RGE quer auxiliar a comunidade a reduzir a conta de energia e incentivar o consumo consciente da eletricidade. Isso porque o chuveiro convencional é um dos principais responsáveis pelos gastos das famílias com energia. Em média, ele corresponde a 35% da fatura mensalmente.

Os equipamentos instalados pela concessionária contam com um mecanismo que aquece a água antes dela passar pelo chuveiro, gerando uma economia de até 50% se comparado com um chuveiro normal. Com os novos chuveiros, a estimativa é que ocorra uma economia de 400 MWh/ano e a redução na emissão de 53,52 toneladas de CO2 na atmosfera. Com a energia poupada pela doação do eletrodoméstico seria possível abastecer 2 Mil residências durante 30 dias.

A RGE investiu R$ 16,2 milhões em ações de eficiência em 2016 nos municípios de sua área de concessão. O valor é 43,3% superior ao aplicado em 2015. As iniciativas proporcionaram uma economia de 5.982 MWh/ano no consumo de energia elétrica. O total economizado é capaz de abastecer 2.770 residências durante 12 meses.

 

Sobre o Programa de Eficiência Energética

 O projeto faz parte do Programa de Eficiência Energética da Rio Grande Energia (PEE – RGE), existente há 16 anos e elaborado de acordo com as regulamentações do Programa de Eficiência Energética da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL).

O PEE-RGE tem como objetivo combater o desperdício de energia elétrica, a partir de ações como: substituição de equipamentos ineficientes, doação de lâmpadas, adequação da entrada de energia de consumidores irregulares, dentre outros. Com um investimento de mais de R$ 162 milhões em 86 projetos realizados ao longo do período, o resultado foi de uma demanda evitada de 84.783 kW e de energia conservada de 286.013 GWh/ano, desde 2001.

Sobre a RGE

A Rio Grande Energia (RGE) é a distribuidora de energia elétrica da região norte-nordeste do Rio Grande do Sul. Originada do modelo de concessão pública para distribuição de energia elétrica em 21 de outubro de 1997, a empresa atende 255 municípios gaúchos, o que representa 54% do total de municípios do estado.

A área de cobertura da RGE divide-se em duas grandes regionais: a Centro, com sede em Passo Fundo, e a Leste, com sede em Caxias do Sul. São 90.718 km² – 34% do território do Estado. Agrupadas, essas regiões apresentam um dos melhores índices sociais e econômicos do Brasil e também são as responsáveis pelo maior polo agrícola, pecuário, industrial e turístico do estado.

A RGE orienta-se pela Gestão de Qualidade Total para atingir, cada vez mais, altos níveis de eficiência a seus consumidores, sendo parceira dos municípios gaúchos no desenvolvimento econômico do RS dentro de sua área de concessão. Desde 2006, a RGE passou a fazer parte integralmente do grupo CPFL Energia, o maior grupo privado do setor elétrico brasileiro.

Sobre a CPFL Energia

A CPFL Energia, há 104 anos no setor elétrico, atua nos segmentos de distribuição, geração, comercialização, serviços e telecomunicações. É líder no mercado de distribuição, com 14,3% de participação, totalizando mais de 9,1 milhões de clientes em 679 cidades em São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Paraná.

Na comercialização, é uma das líderes no mercado livre, com uma participação de mercado de 14,1% na venda para consumidores finais. É uma das líderes na comercialização de energia incentivada para clientes livres.

Na geração, é a terceira maior agente privada do País, com um portfólio baseado em fontes limpas e renováveis. A CPFL Geração conta com 2.248 MW de potência instalada, considerando sua participação equivalente em cada um dos ativos de geração. Em 2011, criou a CPFL Renováveis, com ativos como PCHs, parques eólicos, termelétricas a biomassa e a usina solar Tanquinho, pioneira no Estado de São Paulo e uma das maiores do Brasil. Adicionando a participação equivalente na CPFL Renováveis, a capacidade instalada total do Grupo CPFL atingiu 3.192 MW no final do terceiro trimestre de 2016. O Grupo também ocupa posição de destaque em arte e cultura, entre os maiores investidores brasileiros.

A CPFL Energia possui ações listadas no Novo Mercado da BM&FBovespa e ADR Nível III na NYSE, além participar do Índice Dow Jones Sustainability Index Emerging Markets e do Morgan Stanley Capital International Global Sustainability Index (MSCI). Pelo 12º. ano consecutivo, as ações da companhia integram a carteira do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da BM&FBovespa.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *

*

error: Conteúdo Protegido. Entre em Contato.