Nonoai: Juiz e Promotor recebem voto de louvor

O Juiz Eleitoral de Nonoai, Dr. Tarcísio Rosendo Paiva e o Promotor Eleitoral Dr. João Fábio Munhoz Manzano da 99° Zona Eleitoral receberam Voto de Louvor da Desembargadora Lisena Schifino Robles Ribeiro, pelo excepcional e minucioso trabalho realizado no processo apresentado pela coligação “Valorizando nossa Gente” PDT – PT e PCDB, contra a coligação “Juntos pelo povo de Nonoai” – PP – PTB – PR – PSB – PSDB – PSC – PPS – PMDB. Na ocasião, em setembro de 2016, a coligação PDT, PT e PCdoB apresentou recurso eleitoral solicitando Ação de Investigação Eleitoral por Abuso de Poder Político/Autoridade, Uso Indevido de Meio de Comunicação Social, Conduta Vedada a Agente Público, Pedido de Cassação de Diploma, Pedido de Cassação de Registro e Pedido de Inelegibilidade contra a coligação “Juntos pelo Povo de Nonoai”. A ação foi considerada improcedente e por unanimidade os desembargadores negaram provimento ao recurso.

De acordo com o Juiz Dr. Tarcísio Rosendo Paiva, a ação foi ingressada no dia 24 de setembro, às vésperas das eleições municipais, e finalizada a sentença em 09 de novembro de 2016 e com Acordão do Tribunal em 30 de março de 2017. “Realmente um trabalho muito rápido da justiça eleitoral”, enfatizou o Juiz.

Em virtude da rapidez do trabalho e a dedicação dos agentes da Justiça Eleitoral, o Chefe do Cartório Eleitoral de Nonoai, Rafael Klohs, convocou o Juiz e o Promotor para entregar a honraria aos membros da Justiça Eleitoral. A solenidade foi realizada na tarde desta sexta-feira, (dia 05/05) na sede do Cartório Eleitoral de Nonoai. “É com grande orgulho e alegria que em nome da Justiça Eleitoral Gaúcha, reconhecemos o primoroso trabalho exercido pelos Excelentíssimos Doutores Tarcísio Rosendo Paiva, Juiz Eleitoral e João Munhoz Manzano, Promotor Eleitoral, os quais dividiram-se entre suas atividades da Justiça e Promotoria Gaúcha, e assim, com muito esmero e dedicação na execução das atividades a eles atribuídas”, enfatizou Rafael.

Ainda nesta data, os Servidores da Justiça, Rafael Klhos, Zite Kappes e Hosana Rodrigues, pontuaram o tempo de serviço dedicado a Justiça Eleitoral. Hosana completou 40 anos de serviços, Zite 37 e Rafael 10 anos.

print

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.