Preço do leite deverá subir, principalmente para o consumidor

A suspensão das licenças automáticas de importação de lácteos do Uruguai deve provocar mudanças rápidas para o consumidor, e lentas para o produtor de leite no Rio Grande do Sul.

De acordo com o empresário do setor de laticínios, Humberto Brustolin, a iniciativa do governo em suspender a importação do leite do Uruguai, é sem dúvidas, muito boa, no entanto, este não é o fator principal para que o preço do leite tenha sido reduzido significativamente nos últimos meses. “São três os fatores que influenciam os preços, entre eles, as importações do leite em pó, o aumento da produtividade na cadeia brasileira pela profissionalização do setor, e a queda do consumo ocasionado pela crise econômica, que provocou 14 milhões de desempregados”, destacou. Ele enfatizou ainda que o mercado é obrigado a absorver toda a produção e baixar ou elevar os preços conforme os estoques.

O empresário projetou ainda, que com a suspensão da compra do leite do Uruguai, os preços devem subir em média 10%, principalmente para o consumidor.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *

*