Indígenas abandonam aldeia e acampam ao lado do MPF

Cerca de 20 famílias indígenas que moram na Reserva do Votouro,  abandonaram a área no fim da tarde desta segunda-feira (Dia 07/05), diante das ameaças feitas pelo grupo acusado pelos retirantes  de provocar ao menos uma morte e muito pânico entre os moradores, com constantes disparos de armas de fogo e invasão de residências. O mesmo grupo é acusado da morte do índio Vitor Hugo dos Santos Refey (22) anos, no início do mês de março. A manifestação é para que o Ministério Público Federal peça ação da Justiça com base em inquérito da Polícia Federal, que apurou a autoria do homicídio.

Além de pedir para serem ouvidos pelo Ministério Público Federal, os índios que montaram acampamento ao lado do prédio público, pedem ajuda da comunidade com doação de alimentos. Os índios dizem que não tem como cozinhar no acampamento. Só depois de serem ouvidos os índios vão confirmar se permanecem no local ou vão retornar para a reserva.

Fonte: AU Online

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *

*

error: Conteúdo Protegido. Entre em Contato.