Feriadão de Independência é o mais violento nas estradas em 2018

Chega a 26 o número de mortes em rodovias gaúchas entre o meio-dia de quinta-feira (6) e às 2h desta segunda-feira (10), o que faz deste feriadão o mais violento em 2018. Dezenove destas mortes foram em rodovias estaduais, seis em rodovias federais e uma em via municipal.

Na região norte do Estado, duas pessoas perderam a vida em uma colisão frontal envolvendo uma caminhonete e um ônibus que transportava torcedores do Paraná até Porto Alegre para o grenal.

Neste acidente morreu no local o condutor da Nissan Frontier, Cristiano Caus. Já o motorista do ônibus, Gilmar Alves da Silva, foi socorrido até o hospital, porém não resistiu aos ferimentos e morreu. A colisão ocorreu em Rondinha, por volta das 6h, entre os quilômetros 12 e 13 da rodovia. De acordo com a polícia, a caminhonete Nissan Frontier trafegava no sentido Sarandi/Rondinha quando o motorista invadiu a pista contrária e colidiu frontalmente. Os torcedores não sofreram lesões.

Em Nonoai, conforme o Comando da Polícia Rodoviária Estadual, durante o feriado de Independência, apenas um acidente de trânsito foi registrado. O caso ocorreu por volta das 13 horas de sábado na Serra do Goio-Ên. Uma carreta frigorífica tombou na última curva da serra após o veículo apresentar problemas mecânicos nos freios. O motorista sofreu lesões leves.

A Operação Viagem Segura iniciou quinta-feira (6) e encerou a meia-noite deste domingo. O Comando Rodoviário de Nonoai fiscalizou no período 145 veículos e identificou 58 pessoas. Do total de veículos abordados, pelo menos 19 foram autuados, a maioria foi por excesso de velocidade.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *

*

error: Conteúdo Protegido. Entre em Contato.