Nonoai: Projeto de R$ 7 Milhões inclui a remodelação dos trevos de acesso ao município

Servidores da Secretaria de Planejamento Governança e Gestão, do Departamento Autônomo de Estradas e Rodagem – DAER e da Ecoplan estão em Nonoai, nesta terça-feira (dia 13/11), para realizar mais uma etapa do trabalho que atende algumas reivindicações da comunidade indígena.

Segundo a Socióloga da Secretaria de Planejamento Governança e Gestão – Fernanda Coresola, o governo do Estado do Rio Grande do Sul, recebeu um financiamento do Banco Mundial para a restauração da ERS 406 que prevê a recuperação e manutenção da rodovia num período de cinco anos. “Neste processo o governo do Estado se comprometeu com o Banco Mundial de investir parte dos recursos na comunidade indígena de Nonoai e da Serrinha”, explicou.

Neste processo, após ouvir algumas das reivindicações dos indígenas, serão construídos 48 abrigos para passageiros no perímetro da ERS 406, passeios para pedestres em alguns pontos de maior fluxo de indígenas que se dirigem a sede do município através da rodovia, a restruturação do trevo principal de acesso a Nonoai e o de acesso a Rio dos Índios, a construção da nova sede da Escola Estadual Joaquin Casemiro, que incluirá a educação infantil e o ensino médio. Além disso, 102 professores estão recebendo treinamento para serem multiplicadores do ensino quanto a segurança no trânsito.

Todo este projeto deve ser concluído em um período de oito a 12 meses. Trabalham no projeto a Socióloga da Secretaria de Planejamento Governança e Gestão – Fernanda Coresola, a servidora da Secretaria de Planejamento Governança e Gestão – Márcia Lang, a servidora do DAER – Lia Reck Martinozzo e o Engenheiro da Ecoplan – Guilherme Meneguetti.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *

*

error: Conteúdo Protegido. Entre em Contato.