Nonoai: Trabalhadoras rurais participam da Marcha das Margaridas no DF

‘Milhares de mulheres do campo, da floresta e das águas marcharão em Brasília por um Brasil com soberania popular, democracia, justiça, igualdade e livre de violência’, diz o informativo sobre a Marcha das Margaridas.

No dia 13 de agosto, terça-feira, tantas mulheres brasileiras e de outros 26 países de todos os continentes chegarão à capital federal para a maior ação protagonizada por mulheres na América Latina. A Marcha das Margaridas.

Esta é a sexta edição de uma ação que acontece a cada quatro anos. Este ano, o lema é ‘Margaridas na luta por um Brasil com soberania popular, democracia, justiça, igualdade e livre de violência’. A primeira, realizada em 2000, já se firmou como uma estratégia importante para que as Margaridas conquistassem visibilidade, reconhecimento social, político e cidadania plena.

As aposentadas rurais de Nonoai, Leni Salete Grazeli, Delvina Maria Vicentini e Claudete Natalina Schmitz estarão saindo na tarde deste domingo, (dia 11/08) com previsão de chegada a Capital Federal na manhã de terça-feira. Conforme Leni, este ano serão 10 eixos em debate. Entre eles a Aposentadoria, o SUS, a garantia permanente a alimentos de qualidade e em quantidade suficiente, sem comprometer outras necessidades essenciais; acesso à terra e valorização da agroecologia, uma educação que não discrimine as mulheres, o fim da violência sexista, o acesso à saúde, a ser ou não ser mãe com segurança e respeito; autonomia econômica, trabalho, renda, democracia e participação política.

A 6ª Marcha das Margaridas é uma realização da Confederação Nacional dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares (Contag), suas 27 Federações e mais de 4 mil Sindicatos dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de todo o país, trabalhando em conjunto com 16 organizações sociais, entre movimentos feministas e de mulheres trabalhadoras, centrais sindicais e organizações internacionais.

 

PROGRAMAÇÃO

As caravanas começam a chegar já na madrugada do dia 13 de agosto e as atividades têm início às 14h, com oficinas, painéis e com a Mostra de Saberes e Sabores das Margaridas. Às 19h terá lugar a abertura oficial e, na sequência, uma noite cultura. Neste primeiro dia, as atividades são exclusivas para as delegações dos estados e delegação internacional.

No dia 14 acontece a grande marcha. A programação é aberta ao público. As Margaridas estarão concentradas no lado externo do Pavilhão do Parque da Cidade a partir das 6h. Sairão em marcha às 7h em direção à Esplanada dos Ministérios. A previsão é que o ato de encerramento seja realizado às 11h nas proximidades do Congresso Nacional.

print

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.