Agora é Lei, nomeação é vedada para cargos em comissão de pessoas que tenham sido condenadas por violência doméstica no âmbito do município de Nonoai

A Vereadora Rosa Maria Nunes Faria Barbiero – MDB de Nonoai, é a autora do Projeto de Lei que veda a nomeação para cargos em comissão de pessoas que tenham sido condenadas pela Lei Federal nº 11.340, no âmbito da administração pública direta e indireta do município de Nonoai – RS. Está lei é para todos os cargos em comissão de livre nomeação e exoneração. Inicia essa vedação com a condenação em decisão transitada em julgado, até o comprovado cumprimento da pena.

O motivo da criação da Lei se deve pelo fato de que a violência contra a mulher, lamentavelmente, perdura nos diferentes grupos da sociedade como um flagelo generalizado, que põe em perigo suas vidas e viola os seus direitos.

Embora muitos avanços tenham sido alcançados com a Lei Maria da Penha (Lei nº 11.340/2006), ainda assim, hoje, contabilizamos 4,8 assassinatos a cada 100 mil mulheres, número que coloca o Brasil no 5º lugar no ranking de países nesse tipo de crime, segundo o Mapa da Violência 2015. Outras informações divulgadas no Portal Brasil do Governo Federal afirmam que do total de atendimentos realizados pelo “Ligue 180” – a Central de Atendimento à Mulher –, no 1º semestre de 2016, 12,23% (67.962) correspondem a relatos de violência. Entre esses relatos, 51,06% corresponderam à violência física; 31,10%, violência psicológica; 6,51%, violência moral; 4,86%, cárcere privado; 4,30%, violência sexual; 1,93%, violência patrimonial; e 0,24%, tráfico de pessoas.

Para a Vereadora Rosa, a criação dessa Lei tem como objetivo ser mais uma ação coercitiva aos agressores, inibir e prevenir esse tipo crime, uma alternativa de enfrentamento deste problema por meio da responsabilização dos crimes por parte de seus autores.

A lei foi promulgada no dia 17 de Dezembro de 2019 pela Câmara Municipal de Vereadores de Nonoai.

 

Fonte: Gabriela Mattes Brustolin

Assessora de Comunicação da Câmara Municipal de Nonoai

print

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.