Nonoaiense que reside em Rondônia localiza familiares com auxílio do PN Notícia e Rádio Sul FM

Passados mais de 40 anos, a nonoaiense Geni Ferraz, que reside atualmente no Estado de Rondônia, conversou pela primeira vez por telefone com os familiares que ainda moram em Nonoai. Ela pediu auxílio do site PN Notícia e da Rádio Sul FM para localizar os familiares que desde o final da década de 70 não tinha mais contato.

Na manhã desta terça-feira (dia 14/01) o jornalista Manuel Gaboardi atendeu o pedido de ajuda e publicou a notícia que teve 215 compartilhamentos e milhares de visualizações. E já no final da tarde do mesmo dia em que a notícia foi publicada, Geni encaminhou uma mensagem agradecendo o trabalho da imprensa e da comunidade que compartilhou a notícia, levando até ela os seus familiares. Na mensagem de áudio ela diz que em breve quer encontrar com os familiares.

Geni revelou que em 1978 foi residir em Terra Nova – MT, quando muitos agricultores moradores de Nonoai foram relocados pelo governo para o Estado do Mato Grosso em razão da questão indígena. “Eu tinha uns 13 para 14 anos de idade e acabei fugindo com um homem para o Mato Grosso, mas hoje moro em Machadinho do Oeste no Estado de Rondônia e tenho duas filhas”, relatou.

Geni, que atualmente tem 63 anos de idade é filha de Antônio Ferraz e Maria Ferreira Ferraz, tem cinco irmãs e quatro irmãos. Jair, Gentil, Valderi e Valdecir, Irací, Joraci, Geni, Jandira e Eni.

print

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.