Tradicionalista gaúcho Nédio Vani morre aos 72 anos

Nédio Vani, proprietário do estabelecimento Bolicho do Gaudério e ícone da cultura gaúcha em Chapecó, faleceu aos 72 anos, nesta quinta-feira (7). A informação foi confirmada pelos familiares. Nédio enfrentava um câncer no intestino.

O velório de Nédio Vani acontece nesta quinta-feira (7), das 18h às 23h. Ele será enterrado na manhã de sexta-feira (8), às 9h, no Cemitério Jardim do Éden.

Histórico

Nédio nasceu em Getúlio  Vargas (RS),  em 29 de maio de 1949. Ele mudou-se para Chapecó em 1974, para trabalhar no Banco do Brasil. Exerceu o cargo de professor  de Ed. Física na Universidade, colégios, clubes, Associação Chapecoense de Futebol, APAE e outros. Em 1975, construiu em Chapecó um dos primeiros galpões campeiros de Chapecó, localizado  há 5km da cidade. Nédio se dedicou a escrever para jornais, apresentar programas de televisão, além de coordenar eventos voltados à cultura gaúcha.

Em 1986, desenhou e auxiliou na construção do galpão do CTG Vaqueanos D´Oeste, o primeiro da cidade com 1.740m2. Exerceu cargos dentro da Entidade Tradicionalista por mais de 15 anos. Em 1985 foi um dos responsáveis pela evolução da dupla “Osvaldir e Carlos Magrão” de Passo Fundo (RS), e auxiliou na gravação do primeiro LP.

print

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.