Chapecó está entre os municípios com alto índice de infecção do Aedes Aegypti

De acordo com o último boletim da Diretoria de Vigilância Epidemiológica do Estado (Dive-SC),  73 municípios estão com focos do mosquito Aedes aegypti em Santa Catarina. Segundo o levantamento, entre 31 de dezembro de 2017 e 23 de junho de 2018 houve um aumentou 48,4% no número de focos em comparação com o mesmo período do ano passado.

O boletim detalha ainda, quais municípios estão entre os grupos com maiores índices. Entre os 17 municípios em alto risco, 15 estão localizados na Região Oeste e dois estão na região da Foz do Rio Itajaí. Em Chapecó, até o momento foram encontrados 742 focos.

O mosquito é transmissor de doenças como dengue, febre chikungunya e vírus da zika.

 

Fonte: ClicRDC

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *

*

error: Conteúdo Protegido. Entre em Contato.