Nonoai: Mais de 100 homens do Exército desenvolvem a Operação Ágata. Ação conta com apoio de cães farejadores

Cerca de 100 Militares do Exército Brasileiro estão instalados no município de Nonoai desde a manhã desta segunda-feira, (dia 19/08) para mais uma edição da Operação Ágata. Os militares montaram o QG na cripta do Santuário dos Beatos Manuel e Adílio.

Conforme o responsável pela Operação na região, Capitão Freitas, os militares estão realizando bloqueios e controle de estradas e vias urbanas, patrulhamento terrestre, fiscalização de produtos controlados, principalmente explosivos e produtos químicos.

A Operação Ágata é uma ação conjunta com a participação de órgãos federais e estaduais, realizada com o objetivo de reduzir a criminalidade, de prevenir e reprimir delitos transfronteiriços e ambientais na faixa de fronteira. O Capitão Freitas cita como vantagens desta ação, o fortalecimento da prevenção, fiscalização e repressão aos delitos transfronteiriços e ambientais; Maior integração entre os Órgãos de Segurança e Ordem Pública (OSOP), as Forças Armadas (FFAA); Troca de informações entre os OSOP federais e estaduais, e as FFAA; Resultando na redução dos índices de criminalidade na região de atuação, com reflexo em todo o país.

A operação foi iniciada no dia 19 de agosto e não tem data definida para o seu encerramento. Os Militares do Exército, oriundos do batalhão sediado em Santa Cruz do Sul-RS, estão atuando em conjunto com a Polícia Rodoviária Estadual, Receita Federal, Polícia Militar e a seção de cães farejadores da Polícia do Exército (PE).

print

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*