Mulher dopa e incinera o marido vivo em forno de fumo em Dom Feliciano

Uma mulher, de 35 anos, foi presa, após confessar que dopou e matou o marido incinerado em um forno de fumo no município de Dom Feliciano, na região Sul do Rio Grande do Sul. Segundo informações da Polícia Civil, o homem foi visto pela última vez no dia 15 de fevereiro de 2021 e a prisão aconteceu na terça-feira (11).

Conforme a investigação, a companheira do homem, após sedá-lo com medicamento misturado a suco de laranja, teria colocado a vítima, enquanto ele dormia, dentro de uma fornalha na estufa de fumo da casa da família. O corpo queimou no local durante três dias.

Para GaúchaZH, a delegada do caso, Vivian Duarte informou que a mulher relatou que foi agredida e ameaçada durante 20 anos. O filho mais velho do casal, um jovem, de 20 anos, também foi preso, suspeito de participação na morte do pai.

print

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Restaurante Recreativo