Reny de Oliveira, ex-integrante da banda Os Atuais, morre no RS por complicações da Covid-19

Compartilhe esta notícia!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

O ex-integrante da banda Os Atuais Reny de Oliveira morreu na manhã desta terça-feira (16), aos 67 anos, vítima de complicações do seu quadro de saúde devido ao contágio pela Covid-19. Ele estava internado na Unidade Dom Bosco do hospital Vida & Saúde, em Santa Rosa, no Noroeste do Rio Grande do Sul, há cerca de 20 dias. O local é especializado em doenças respiratórias e coronavírus.

De acordo com um dos seus ex-colegas de banda, Jacke Tolfo, Reny havia sido internado no início de outubro no Hospital Dr. Osvaldo Teixeira, em Tucunduva, cidade onde nasceu. O quadro de saúde dele agravou e ele foi transferido para Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) da Unidade Dom Bosco de Santa Rosa, onde foi intubado.

O guitarrista, compositor e cantor começou a sua carreira na banda Os Espiões de Horizontina. Em 1973, entrou para Os Atuais, onde ficou até o final dos anos 80. Após, fundou o grupo Reny e Grupo Hello. Anos depois, voltou aos Atuais e deixou a formação em 2017. Retornou aos palcos com a formação Reny e Banda Barco do Amor, permanecendo em atividade até este ano. 

Foi ao lado do ex-colega e amigo Ivar Costa que compôs sucessos dos Atuais, como “Barco do Amor”, que inclusive deu nome à banda de Reny no final da vida.

A família de Reny ainda não divulgou informações sobre velório e enterro. Em nota, divulgou que “agradece todas as orações de fãs e amigos”.

print

PARCEIROS