Brigada Militar celebra aniversário com formatura de 865 novos soldados

As comemorações pelos 184 anos da Brigada Militar foram marcadas, na manhã desta quinta-feira, pela formatura de 865 novos soldados e por dois anúncios previstos para os próximos dias. Tratam-se do início do curso de formação de mais 500 policiais militares e do lançamento de edital de abertura de concurso público para 4 mil novas vagas de soldados, com primeira chamada prevista para o primeiro semestre do próximo ano.

A formatura ocorreu simultaneamente em Porto Alegre, Osório, Montenegro, Passo Fundo, Rio Pardo e Santa Rosa. Na Capital, a solenidade ocorreu na Academia de Polícia Militar, incluindo entrega de medalhas para agraciados e homenagens a servidores inativos da corporação.

Estiveram presentes o governador Eduardo Leite e o vice-governador e secretário da Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior. “Os novos 865 novos soldados vão reforçar a nossa estrutura de segurança pública para continuarmos observando a redução da criminalidade no Estado do Rio Grande do Sul”, destacou o governador em seu discurso.

“Agradeço vocês em nome de todo povo gaúcho em servir a nossa comunidade e zelar pela nossa tranquilidade”, destacou Eduardo Leite. “Muito obrigado por terem escolhido esta missão”, frisou.

“O papel do nosso governo é de dar a estrutura necessária para que as polícias possam cumprir com suas funções”, salientou o governador. Ele recordou os investimentos já realizados na área da segurança pública, citando ainda o recente anúncio de aplicação de quase R$ 300 milhões até 2022 em equipamentos, viaturas, tecnologias e infraestruturas.

Sobre os 184 anos da instituição, Eduardo Leite apontou a qualidade dos integrantes da BM que tem “uma história altaneira, briosa e de grande valor” à população gaúcha.

“A história da BM se confunde com a história do Rio Grande do Sul”, declarou por sua vez Ranolfo Vieira Júnior. Segundo ele, o ingresso de novos efetivos “já está se tornando quase uma rotina dentro do cronograma que apresentamos no início deste governo”.

Conforme o vice-governador e secretário, o contingente recém-formado vai “colaborar com o programa RS Seguro e vai ter um reflexo na sensação de segurança da sociedade gaúcha”.

“A partir dos próximos dias, eles já estarão incorporados aos nossos efetivos que costumeiramente estão nas ruas. Vai ser visível para a população”, afirmou o comandante-geral da corporação, coronel Vanius Cesar Santarosa. “Estamos empregando eles em um processo de visibilidade. Nesta fase inicial, neste primeiro mês, não vamos colocar eles diretamente no policiamento… Eles estarão em um estágio operacional, mas farão presença física sim nas ruas e serão notados. Eles vão vivenciar a realidade do dia a dia das ruas”, acrescentou.

O coronel Vanius Cesar Santarosa observou que os novos soldados vão atuar em batalhões das regiões mais conflagradas e dos principais centros do RS.

O novo contingente formado, sendo 651 homens e 216 mulheres, passou pelo curso de formação básica com carga horária de 1.730 horas durante cerca de dez meses, sob supervisão do Departamento de Ensino da BM. Eles aprenderam sobre direitos humanos, defesa pessoal, sociologia da violência e história da instituição, entre outras disciplinas, além de aulas de tiro e estágio supervisionado.

print

PARCEIROS