Saúde: Como eliminar o excesso de pele dos braços após perder peso

Saiba como se livrar do excesso de pele dos braços e tire suas principais dúvidas sobre o assunto.

Após um grande processo de perda de peso, é normal que as pessoas sofram com um grande excesso de pele, principalmente em regiões como o braço. Como esse fator pode prejudicar o visual e a qualidade de vida, sobretudo na hora de dar o famoso “tchauzinho”, muitos acabam optando pela cirurgia para retirada da pele local.

Pronta para saber mais sobre o assunto? Continue sua leitura até o final!

Entendendo sobre o excesso de pele dos braços

Muitas pessoas conseguem se livrar da obesidade e de problemas relacionados com o sobrepeso graças a realização de dietas, rotina de exercícios e até mesmo cirurgia bariátrica, que pode promover a redução do estômago e melhorar muito a estética e saúde do indivíduo.

Mas mesmo assim, quando o organismo perde muito peso, fica difícil se livrar do excesso de pele que sobrou em algumas regiões.

Uma das mais conhecidas e que acaba incomodando muita gente é o excesso de pele nos braços. Tal fator pode comprometer a auto estima e bem-estar, sobretudo naquela hora de dar o famoso “tchauzinho”.

A saída acaba sendo a realização de procedimentos estéticos como a braquioplastia. Vamos entender melhor como funciona o procedimento?

O que é braquiplastia?

A braquioplastia é uma cirurgia plástica realizada para eliminar o excesso de pele na região do braço. Além disso, ela tem se mostrado muito eficiente para quem deseja diminuir a flacidez ou gordura localizada na área.

Para quem a cirurgia é indicada?

Também conhecida como lifting nos braços, a técnica de braquiplastia é muito realizada nos seguintes casos:

  • Para quem tem predisposição para flacidez na região;
  • Para quem desenvolveu os sintomas devido ao processo natural de envelhecimento (flacidez, gordura e excesso de pele);
  • Ou para aqueles que sofreram uma grande mudança nos hábitos alimentares ou realizaram uma cirurgia bariátrica e acabaram perdendo muito peso.

É necessário entender que somente os casos mais graves de flacidez devem recorrer à cirurgia, pois a cicatriz decorrente do processo costuma ser muito grande e bastante visível.

Quais são as contraindicações para o procedimento?

Algumas contraindicações são comuns a várias cirurgias plásticas e outras são exclusivas para o quadro, assim, a cirurgia não é indicada para pessoas que sofrem com:

  • Sobrepeso excessivo;
  • Problemas de saúde atuais, que incluam infecções e dificuldades de coagulação;
  • Hipertensão;
  • Diabetes não controlada;
  • Problemas psicológicos graves;
  • E doenças que afetam órgãos importantes do corpo.

Sempre cabe uma análise médica detalhada, seguida da realização de exames de pré-operatórios para verificar se o paciente está apto para realizar tal procedimento.

Quais exames devem ser feitos no pré-operatório?

Os principais exames requisitados pelos cirurgiões plásticos costumam abranger:

  • Análise de risco cirúrgico (sobretudo cardiovascular);
  • Testes de coagulação sanguínea;
  • Hemograma completo;
  • Exames de urina.

Dependendo de cada condição específica de saúde, outros exames podem ser requisitados para afastar qualquer tipo de complicação que possa impedir a realização da cirurgia.

Como funciona o procedimento?

Para eliminar a flacidez local e retirar a sobra de pele da região, é realizado um reposicionamento de todo o tecido cutâneo via sedação e anestesia local ou geral.

Se a paciente também apresentar gordura localizada, uma lipoaspiração pode ser associada para a obtenção de melhores resultados. Por fim, o excesso de pele é ressecado e sofre uma nova sutura para finalização do procedimento.

Dependendo das técnicas utilizadas, a cirurgia pode levar até três horas e o período de internação costuma ser de apenas um dia.

Apesar da incisão ser feita na região da axila e se estender para a porção interna do braço, sua cicatriz se torna bem grande. Em casos de flacidez exacerbada, tais estruturas podem atingir até o cotovelo, fazendo com que a extensão seja bem avantajada.

Dica: Saiba que é possível associar esse tipo de cirurgia plástica a outras técnicas, como a abdominoplastia e outros tipos de lipoaspiração.

Como funciona o pós-operatório?

Durante o período após a cirurgia, os cuidados com a movimentação dos braços precisam ser levados em consideração, ainda, é recomendado o repouso completo na primeira semana.

É proibido o levantamento e realização de qualquer atividade que envolva esforços ou levantamento de peso (nos braços) durante os primeiros 21 dias.

Por um mês, é indicado o uso de malha elástica compressiva e recomenda-se a realização de drenagem linfática para redução do inchaço (comum à realização de uma série de procedimentos plásticos). Além disso, é crucial evitar exercícios físicos por três semanas e lembrar que atividades físicas relacionadas com o braço só estão liberadas após dois meses.

Mas lembre! O seu cirurgião pode indicar condutas diferentes e é sempre importante que você siga as recomendações dele.

Quais são os riscos do processo cirúrgico?

As principais complicações relacionadas com o procedimento costumam ser comuns a qualquer procedimento cirúrgico, envolvendo: inchaço, hematomas, infecção, alterações e irregularidades relacionadas com o processo de cicatrização.

Cuidados extremos deverão ser tomados com a cicatriz, evitando malformações e complicações esteticamente desfavoráveis.

No caso da braquioplastia, a exposição solar à cicatriz pode ser ainda mais grave, visto que a área está em constante exposição e a extensão da cicatriz costuma ser bem grande.

Por esse motivo, o uso de filtro solar é obrigatório e recomenda-se evitar o sol durante o período de cicatrização inicial.

Que profissional pode realizar a cirurgia?

Somente um cirurgião plástico membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica está apto a realizar tal procedimento, visto que ele pode trazer complicações sérias para a saúde se for feito por alguém inexperiente – assim como qualquer outra cirurgia plástica.

Considerações finais

Agora que você viu que é possível eliminar o indesejado excesso de pele da região dos braços, que tal se beneficiar com procedimentos estéticos que podem eliminá-lo de vez da sua vida?

Não esqueça de consultar um cirurgião plástico especializado que poderá indicar as melhores opções de tratamentos para o seu caso.

Gostou do conteúdo de hoje sobre o excesso de pele dos braços? Comente logo abaixo suas dúvidas – estamos prontos para atendê-la!

 

 

Crédito da imagem: chriscarlyle.com

print

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*